Minha primeira semana de exercĂ­cios em casa

Olá, tudo bem com vocês? No ultimo texto compartilhei um pouco das dificuldades que encontro quando o assunto é fazer os exercícios. E nesse texto quero compartilhar algumas tentativas que fiz.

 

Bom, no primeiro dia tentei acordar cedo (mais cedo, na verdade) e ir caminhar um pouco. Levantei, me troquei e fui. Caminhei por meia hora. Consegui voltar a tempo de ir para o trabalho e deixar tudo pronto... Mas quando cheguei minhas filhas já estavam acordadas e meu marido já havia trocado as roupas delas e começado a dar o café da manhã. Me senti culpada por não estar presente. Sim, eu sei que estou presente todos os dias, que faço de tudo para elas, mas me senti culpada mesmo assim.

 

No segundo dia a culpa foi mais forte e não aguentei, acabei ficando em casa para cuidar das meninas e deixei para fazer os exercícios a noite. E por algum milagre eu os fiz. Procurei por alguns exercícios no youtube e fiz por 30 minutos. Sem culpa. Minhas filhas estavam do meu lado, meu marido também estava por perto, não me culpei e a sensação de dever cumprido foi ótima.

 

No terceiro dia, nada de exercícios. Meu corpo estava doendo muito, muito mesmo. Acho que foi porque fiquei muito tempo sem me exercitar. Mas tudo bem, sem culpa também, preciso começar aos poucos.

 

Quarto dia e meu corpo ainda estava doendo bastante, queria ter ido fazer uma caminhada, mas não fui por causa da tal culpa com as crianças. Mas aí me senti culpada por não ter feito nenhum exercício por 2 dias seguidos...

 

Quinto dia meu corpo já doía menos e consegui fazer mais alguns exercícios do youtube sem culpa nenhuma. Acho que é esse meu caminho. Esperar as dores do meu corpo passarem para conseguir fazer mais exercícios, sem culpa, apenas aproveitando que estou fazendo algo, e sem desistir.

 

E para ser bem sincera com vocês estou bem gostando dos exercícios e de fazê-los. A única coisa é que alguns utilizam alguns pesos. Estou até pensando em comprar alguns para deixar os exercícios mais poderosos, o que vocês acham?

 

Beijos e até a próxima.